top of page
orquestra condutor em fase

Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz

A Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP), que no ano de 2016 completou 20 anos, foi criada pela Secretaria Executiva de Cultura (Secult). Os maestros Andi Pereira, Barry Ford, Mateus Araujo e Enaldo Oliveira já foram titulares da orquestra, que desde janeiro de 2011 é conduzida pelo maestro Miguel Campos Neto. Esteve à frente da OSTP, como convidado, o maestro Patrick Shelley, Roberto Duarte, João Carlos Martins, Luís Fernando Malheiro, Silvio Viegas, Abel Rocha, Flávio Florence, Carlos Moreno, Gian Luigi Zampieri, Jamil Maluf, Alessandro Sangiorgi, Laércio Diniz, Marcelo de Jesus, Edilson Ventureli e Linus Lerner, entre outros. Como solistas, atuaram artistas de renome internacional como Arnaldo Cohen, Arthur Moreira Lima, Miguel Proença, Antonio Del Claro, Emmanuele Baldini, Eliane Coelho, Rosana Lamosa, Ryu Goto, Ji Young Lim, Luís Rossi, Robert Bonfiglio dentre outros, bem como os paraenses também conhecidos internacionalmente, Adriane Queiroz, Carmen Monarcha e Atalla Ayan, e muitos outros grandes nomes da música paraense de várias gerações.

Maestro Miguel Campos Neto

Regente Titular e Diretor Artístico OSTP Entre os compromissos mais importantes do início do ano de 2019 para Miguel Campos Neto, pode-se destacar o retorno ao Curso Internacional de Verão de Brasília como professor de regência e maestro da orquestra sinfônica de encerramento, a estreia como regente convidado de uma nova orquestra europeia, a Orquestra Sinfônica de Avignon (França), e o retorno à Universidade La Sierra, na Califórnia, como professor visitante de prática de orquestra. Com diploma em regência pela Mannes College of Music de Nova York, Campos Neto iniciou a sua nona temporada como regente titular da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, cargo que também exerce com a Orquestra Sinfônica Altino Pimenta (UFPA) e a Orquestra Sinfônica Wilson Fonseca (Santarém). Serviu também por 12 anos como regente titular da orquestra Jovem Vale Música e continua sua relação com esta orquestra como maestro convidado. Com atuações nos dois festivais de ópera mais importantes do Brasil (Manaus e Belém), ele já acumula um notável repertório operístico, e contabiliza 6 lançamentos em DVD de óperas totalmente encenadas.

Maestro Miguel.JPG

Ficha Técnica

Maestro Titular - Miguel Campos Neto 

PRIMEIROS VIOLINOS

Justo Gutierrez

Fábio Santos

Éryck Giacon

Júlio Carlos

Luiza Aires

Susan Hagar

Roberta França

Luís Oliveira

Ricky Sandres

SEGUNDOS VIOLINOS

Allan Peter

Arielson Soares

Joyce Batista

Pedro Henrique Teixeira

Feliphe Bruno

Helena Medeiros

Rebeca Bertazo

Monicky Romanholi

VIOLAS

Haroldo Fonseca

Gabriel Moreira

Nicoli Martins

Thiago Rodrigues

Rosildo Monteiro

Jennifer Oliveira

Alexsandro Castro

Gabriel Silva

VIOLONCELOS
Luiz Sena
Haziel Cândido
Laís Tavares
Gustavo Saraiva
Tiago Imbiriba
Abraão Sales

TÍMPANOS
Wendel Brandão

PERCUSSÃO
Ruth Saldanha
Magno Morais

CONTRABAIXOS

Jhonathan Torquato

Fernanda Pavanelli

Márcio Bolzan

Paulo André Nascimento

FLAUTA

Clara Nascimento

Fabrício Aleixo

OBOÉ

Joás Saraiva

João Carlos Gomes

Pedro Henrique Vieira

CLARINETE

João Marcos Palheta

Joabe Oliveira

FAGOTE

Samuel Rosa

Sérgio Galisa

TROMPA

Fabrício Santos

Leonete Navegantes

Jaqueline Louzada

Hélden Sávio

TROMPETE

Roger Brito

Ricardo Sigari

Flávio Teixeira

TROMBONE

Benedito Júnior

Kelson Pinheiro

Manassés Malcher

PIANO

Ana Maria Adade

HARPA

Henriane Souza

PRODUTOR

Régis Falcão

ASSISTENTE DE PRODUÇÃO

Bárbara Gonçalves

 

ARQUIVISTA

Tassiane Gazé

INSPETOR

Belém Ribeiro

MONTADORES

Antônio Carlos

Gabriel Coelho

Jean Luglimi

bottom of page